Parece uma grande ironia, mas hoje, quando a torcida do Grêmio está totalmente desolada pelos 2×1 River, de ontem, o calendário aponta, maldosamente que neste 31 de outubro se comemora o Dia do Saci. E não é de hoje. A data nasceu em 2003, com o objetivo de valorizar o folclore brasileiro, promover a cultura nacional e as nossas tradições.O saci-pererê é uma das figuras mais emblemáticas do folclore brasileiro e possui influências indígena e africana.O Dia do Saci surgiu em 2003 através do Projeto de Lei Federal n.º 2.762 proposto pelo Deputado Aldo Rebelo. No entanto, somente mais tarde essa data foi oficializada.Em 2013, a Comissão de Educação e Cultura elaborou o Projeto de Lei Federal n.º 2.479, que institui o 31 de outubro como sendo o Dia do Saci.Os proponentes foram o Deputado Federal Chico Alencar e a Vereadora de São José dos Campos Ângela Guadagnin.

Confira trechos do Projeto de Lei n.º 2.479, de 2003: “Instituir o “Dia do Saci” representa oferecer à sociedade um instrumento de valorização da cultura popular como elemento fundamental na constituição da identidade brasileira. Por meio da previsão anual da comemoração da data, na forma de eventos culturais e atividades festivas, as iniciativas propõem o resgate e a valorização de nossas tradições e manifestações folclóricas originais.”

“Entendemos que a comemoração anual do “Dia do Saci” permitirá um contato sistemático com a variedade e a beleza das tradições do País, de modo a fortalecer o processo de consolidação da identidade nacional bem como a auto-estima do povo brasileiro.”

Agora tente explicar isso para um gremista e tricolor fanático, numa hora dessas.