Trabalhadores privados que nasceram em maio e junho, recebem a partir desta quinta-feira seus abonos do Programa de Integração Social – PIS, ano-base 2017.

Os pagamentos começaram em julho de 2018 e são feitos com base no mês de nascimento do trabalhador. Os recursos estarão disponíveis até 28 de junho próximo.

Para ter direito é preciso ser inscrito no PIS (trabalhador da iniciativa privada) há, no mínimo, cinco anos e ter trabalhado formalmente por ao menos um mês em 2017, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Os valores variam de R$ 84 a R$ 998 de acordo com o número de meses comprovados de trabalho formal em 2017.

Perde direito o trabalhador que teve comissão ou horas extras e ultrapassou dois pisos nacionais com a renda mensal.

Para os servidores públicos, o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) será disponibilizado também nesta quinta-feira. Recebem os profissionais com benefícios que têm número final 8 e 9.