O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)  divulgou hoje que Produto Interno Bruto (PIB) da economia brasileira cresceu 1,1% no ano de 2018. De acordo com dados, somou R$ 6,8 trilhões. O crescimento foi de 0,1% comparado com o trimestre imediatamente anterior do ano passado.

A atividade econômica no País, apontam os economistas teve desempenho igual ao de 2017, quando avançou 1,1%. As eleições e a greve dos caminhoneiros, prejudicaram o crescimento no ano, e a limitada recuperação do mercado de trabalho impediu que a atividade econômica ganhasse força.

A pesquisa Focus, que reúne previsões do mercado financeiro para a economia, chegou estimar um avanço de 2,92% e o crescimento de 1,1%. O resultado anual ficou no piso das expectativas coletadas por 48 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast. As casas previam um crescimento que variava de 1,1% a 1,35%, com mediana de 1,20%.

O avanço de 0,1% no último trimestre do ano ficou dentro das estimativas coletadas pelo Projeções Broadcast, que previam um recuo de 0,20% a um avanço de 0,36%, com mediana positiva de 0,1%.