A Operação Olhos de Lince atinge nove ações nas cidades de São Paulo e Sorocaba (SP); Uberlândia, Varginha e Juiz de Fora (MG); Caxias do Sul (RS) e Recife (PE).
O objetivo é combater possíveis crimes eleitorais
A Polícia Federal vem monitorando as redes sociais e quer identificar e evitar maiores consequências com o aproximar do dia da eleição, domingo próximo, 28 de outubro.
São especificamente crimes de violação do sigilo do voto e de incitação ao crime de homicídio. Segundo investigadores, para se definir estes alvos foram utilizadas técnicas de reconhecimento facial, por meio de critérios científicos, que possibilitam a identificação dos suspeitos de forma precisa.
Os mandados de busca e apreensão atingem diretamente quatro estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul, onde estariam os principais focos.
A PF intima investigados a prestarem depoimento. As ações fazem parte das atividades do Centro Integrado de Comando e Controle Eleitoral.