O Governo do Paraná aplicou mais de R$ 17 milhões em aeroportos pelo Interior do Paraná em 2018. Foram concluídas obras nos aeroportos de Guarapuava, Ponta Grossa e Toledo. Continuam as obras nos aeródromos de Umuarama, Pato Branco e União da Vitória.

Estas construções “facilitam a consolidação de novas rotas áreas, criam oportunidades e estimulam novos negócios, além de aumentar a segurança para o transporte médico e de órgãos para transplantes”, frisa a governador Cida Borghetti, neste fim de mandato.

As verbas fazem parte de convênios entre a Secretaria de Infraestrutura e Logística e os municípios. As prefeituras entram parte dos recursos e ficam responsáveis pela licitação e execução das obras, fiscalizadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR).

UMUARAMA
Aeroporto Orlando de Carvalho no Noroeste do Estado
Recurso: R$ 5,5 milhões
Obras: pavimentação asfáltica, recapeamento, drenagem, serviços complementares (alambrado, grama e pavimento em paver) e sinalização horizontal.
Tempo: Conclusão em dezembro

GUARAPUAVA
Aeroporto Tancredo Thomas de Faria, na Região Central
Recursos: R$ 1,3 milhões + R$ 920,9 mil em equipamentos
Tempo: Conclusão em novembro
Complemento em dezembro, mais R$ 2 milhões para reforma e ampliação do terminal de passageiros. Pleiteia a certificação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a retomada da aviação comercial.

PATO BRANCO
Aeroporto Juvenal Loureiro Cardoso, no Sudoeste
Recursos: R$ 2,7 milhões.
Obras: pavimentação asfáltica, recapeamento e sinalização horizontal.
Tempo: Conclusão em dezembro
Certificação da Anac para voos comerciais

PONTA GROSSA
Aeroporto Sant’Anna, nos Campos Gerais
Recursos: R$ 4,2 milhões
Obras: Recape asfáltico, sinalização horizontal, drenagem e alargamento da pista que permitem o pouco de aeronaves de maior porte.
Opera comercialmente desde 2016.

TOLEDO
Aeroporto Luiz Dalcanale Filho, no Oeste.
Recursos: R$ 1,4 milhão
Obras: recapeamento asfáltico do pavimento.
Tempo: Concluídas em agosto.
Aguarda a certificação da Anac para retomar voos regulares.

UNIÃO DA VITÓRIA
Aeródromo José Cleto, na Região Sul
Recursos: R$ 997,1 mil
Obras: restauração e sinalização da pista, pátio e acesso
Tempo: Entrega em novembro.