Está se tornando comum homens públicos serem presos. O que não é comum é parlamentar em pleno mandato estar cumprindo pena.

Não? Claro que sim! O próximo Congresso, que toma posse, no ano que vem, já conta com suas figurinhas carimbadas.

São eles, pela ordem das fotos, o deputado federal eleito Vinicius Farah (MDB-RJ), que foi enquadrado na Operação Furna da Onça.

Também faz parte da nova escalada o ex-ministro Neri Geller (PP-MT), que responderá pelos seus crimes na Operação Capitu, deflagrada nesta sexta-feira (7/11).

Mas há ainda o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que está preso, mas que pode sair para trabalhar no Senado.

O que antes era apenas uma ironia e quando se falava em imunidade parlamentar, nunca se imaginou que teríamos tão nobres expoentes do voto cumprindo cadeia e ao mesmo tempo representando o povo, eleitos pelo voto.