O ex-presidente do Athletico Paranaense, da Federação Paranaense de Futebol, e ex-deputado (cassado) estadual, Onaireves Moura, voltará para a prisão. A decisão é da Justiça Criminal do Paraná.

Acusado de formação de quadrilha, estelionato e apropriação indébita foi condenado a 22 anos, 4 meses e 12 dias de prisão em regime fechado. E não há recurso para sua condenação. Preso em 2007, saiu com habeas corpus.

Enquanto esteve preso, Moura notabilizou-se pelas suas atitudes no cárcere. Seguidamente saiam notícias na imprensa de que ele promovia fartas churrascadas aos seus companheiros de cela.