O ex-presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, morreu hoje no Rio de Janeiro, vítima de um câncer no cérebro. O ex-dirigente vascaíno estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca.

Com 74 anos de idade ele teve duas passagens pela presidência do Vasco. Também atuou com diretor e vice-presidente de Futebol em épocas distintas.

O enterro será amanhã, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O velório começa às 18h de hoje, na Capela Nossa Senhora das Vitórias, em São Januário. Eurico já não andava mais e seus deslocamentos nas reuniões do Vasco eram sempre em cadeira de rodas.

Ele já havia escapado de outros dois cânceres, na bexiga e no pulmão. O tumor no cérebro já o acompanhava desde 2018. O tratamento era feito por radiocirurgia e provocou um derrame, o que provocou pioras em sua saúde até a morte, na tarde de hoje.