Quem visitar os Mananciais da Serra precisa apresentar documento de identidade e atestado de vacinação contra a febre amarela. A decisão é da Sanepar e do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que manterão restrito o programa de visitação dessas áreas em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

A exigência se deve a confirmação de uma morte por febre amarela no Paraná, dentro do plano de restrição que já vinha ocorrendo com áreas da Serra do Mar. A mesma recomendação é válida também para outras unidades de conservação, como o Pico do Paraná, Rio da Onça, Serra da Baitaca e Caminho do Itupava.

Essas visitas estavam suspensas por tempo indeterminado pelo IAP pelos casos de febre amarela em animais que vivem na Serra do Mar paranaense, Litoral e Vale do Ribeira. Com a nova orientação, os Mananciais estarão abertos ao público neste fim de semana, dias 9 e 10 (sábado e domingo).

A vacina contra a febre amarela garante imunidade eficaz de 95%. Então o IAP recomenda que, além da vacina, o visitante use camisas com mangas compridas, calças compridas, calçados fechados de preferência com cano alto, proteção para cabeça (bonés ou chapéus) e repelentes.

A Secretaria de Estado da Saúde pede que o visitante que avistar macacos doentes ou seus cadáveres avise as autoridades.