Morreu no fim de semana o ex-deputado, ex-secretário de Estado e ex-prefeito de Guarapuava Cezar Silvestri. As circunstâncias de sua morte são desconhecidas. O corpo dele apareceu numa das ruas de Curitiba, provavelmente por queda de um prédio ou mau súbito.

Hoje (22/10) a Assembleia Legislativa do Paraná decretou luto oficial de 3 dias e a sessão plenária desta segunda-feira também foi cancelada. “Perdemos um amigo que dedicou sua vida à causa pública. Será sempre lembrado pelo perfil conciliador e pelo trabalho eficiente executado em todos os mandatos e cargos que ocupou, no Legislativo e no Executivo”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB).

Cezar Silvestri era pai do prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, e marido de Cristina Silvestri, deputada estadual eleita.

Formado em engenharia civil pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Silvestri iniciou na política em 1988 como vice-prefeito de Guarapuava. Foi deputado estadual três vezes (1990-2002), deputado federal por outros três mandatos (2003 a 2014), chefe da Casa Civil, secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, secretário de governo e presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar). Foto: Pedro de Oliveira/ALEP