Em menos de uma semana a Petrobrás aumentou o preço do litro da gasolina nas refinarias. Hoje o produto já está sendo vendido a R$ 1,7966 para a revenda. O acréscimo é de 3,9% no preço da commoditie.

Esses aumentos são baseados na paridade de importação, composto de cotações internacionais mais os custos de importação, transporte e taxas. Os preços médicos das distribuidoras não são os que vão para o consumidor, nos postos, mas influenciam na altas nas bombas.

O preço do consumidor em algumas regiões chegou a aumentar 10,27%, como no Distrito Federal. Lá a gasolina variou de R$ 3,98 e R$ 4,399, em média. Em alguns postos, segundo o jornal Correio Braziliense chegou a ser encontrada a R$ 4,67.