O superministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou mais dois nomes da sua equipe que assume no ano que vem. São eles os economistas Marcos Cintra e Marcos Troyjo.

Marcos Cintra vai para a secretaria da Receita e do Comércio Exterior, duas das seis grandes estruturas que comporão o novo ministério.

Cintra já integrava a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e é professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), onde começou na década de 1980.

Tem quatro títulos superiores pela Universidade Harvard, Cintra. É especialista em finanças públicas e teve vários cargos políticos em São Paulo: foi vereador pela capital duas vezes, secretário municipal e estadual e deputado federal de 1998 a 2003. Sua indicação tem como nome oficial: Secretaria Especial da Receita Federal e de Previdência.

Marcos Troyjo será o titular da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais.

Graduado em ciência política e economia pela Universidade de São Paulo (USP), doutor em sociologia das relações internacionais pela mesma instituição e diplomata, Troyjo é vinculado ao Instituto Millenium, “think tank” brasileiro do liberalismo econômico.