O presidente Jair Bolsonaro fez três caminhadas pelo corredor do hospital Albert Einstein. O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, confirmou:
“O presidente já caminhou hoje duas vezes e fará uma terceira. Entre esses movimentos, em alguns ele teve que sentar-se, mas retomou e, agora, quando eu vinha ao encontro de vocês, ele disse que tinha o desejo de continuar na fisioterapia com a bicicleta ergométrica”.

Barros comentou também: “Ele demonstra força de vontade, capacidade de vencer os desafios no maior prazo possível, o presidente é muito forte fisicamente e emocionalmente”, completou.

Já o filho do presidente, vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSC), explorou a informação de forma contundente, como sempre. Ele publicou vídeo no Twitter em que Bolsonaro aparece fazendo a caminhada pelo corredor do hospital e escreveu: “Bandidos torcem para sua morte, acusando os outros do que eles são! As orações são mais fortes, e este homem não está aqui em vão. A terceira cirurgia foi bem mais delicada que a segunda, mas o Presidente escolhido pelo povo vai voltando! A caravana passa e os cães ladram!”

O boletim médico garante que Bolsonaro “evolui com quadro clínico estável, sem dor ou febre, com melhora dos exames laboratoriais e de imagem”. O presidente segue se alimentando por sonda nasogástrica e fez ingestão de líquidos.

Bolsonaro ainda mantém um dreno no abdômen. Segundo Barros. A drenagem será feita diariamente. Exames registraram existência de líquido ao lado do intestino na região onde ficava a bolsa de colostomia.

O presidente fez postagem no Twitter: ” Cada dia melhor! Hoje já caminhei, fiz atividades respiratórias, exames positivos e funções fisiológicas em plena evolução. Continuamos daqui do hospital despachando como mostrado na foto ontem e utilizando as redes sociais como divulgação de informações de nosso time.