Repercute na imprensa nacional a interpelação judicial do deputado federal eleito Túlio Gadelha, namorado da apresentadora global Fátima Bernardes, contra o também deputado eleito, o ator pornô, Alexandre Frota.

Gadelha não gostou de uma postagem no Twitter, onde Frota desdenha de um conterrâneo de Gadelha, durante uma discussão. Para ofender o internauta, Frota publicou: “só podia ser de Pernambuco”.

“Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial – pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota. Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos”, escreveu Gadelha.

A ação está sob a responsabilidade do advogado Walber de Moura Agra, considerado um “bamba” nas questões litigiosas dessa natureza. O que não passava de um entrevero comum de Internet, agora pode gerar um grande “abacaxi” para o ator e deputado.