Um avião com 149 passageiros e oito tripulantes, caiu neste domingo pouco depois de decolar da capital da Etiópia, Adis Abeba, com destino à capital do Quênia, Nairóbi. Os números são da Ethiopian Airlines, a companhia responsável pelo voo.

A Ethiopian Airlines confirmou que não há sobreviventes do voo ET302. Oficializou também que entre as vítimas, há pessoas de nacionalidades diferentes, sendo 32 quenianos, 18 canadenses, 9 etíopes, 8 italianos, 8 chineses, 8 norte-americanos, 7 britânicos, 7 franceses, 6 egípcios e 2 espanhóis.

O avião do voo ET302, um Boeing 737-800 MAX, desapareceu do radar seis minutos depois de decolar da capital etíope, por volta das 8h40 no horário local (2h40 em Brasília).

O acidente ocorreu no localidade de Bishoftu, a cerca de 50 quilômetros ao sul de Adis Abeba. A companhia informa, ainda, que os trabalhos de resgate estão em andamento. A previsão era de que o voo chegasse por volta de 10h30 (horário local) no aeroporto internacional de Nairobi Jomo Kenyatta. (As informações são do El País)