O Atlético inicia hoje à noite, contra o Fluminense, na Arena da Baixada uma disputa de duas partidas para chegar a final da Copa Sul-Americana. É a única oportunidade de um time brasileiro chegar a uma disputa internacional na atual temporada, já que na Libertadores da América, todos os brasileiros foram desclassificados.

Para esta partida o técnico Tiago Nunes poderá contar com sua força titular, time diferente do que perdeu, injustamente, para o Internacional no final de semana pelo Campeonato Brasileiro.

O Fluminense vem numa boa fase e com seus últimos resultados positivos, mas o Atlético joga em sua casa, na grama sintética da Arena da Baixada e com a sua poderosa torcida bastante entusiasmada. A expectativa é que cerca de 30 mil torcedores estejam hoje, na Arena da Baixada.

Os adversários de hoje somam seis vitória e neste ponto o Atlético está atrás, pois tem uma derrota a mais que o Fluminense, que perdeu uma e empatou outra enquanto o Furacão soma duas derrotas.

Mas isso é só questão estatística, pois no mata-mata não tem valor, a não ser a disputa direta entre os dois adversários. E a guerra começa hoje, na Arena da Baixada, onde o Atlético promete fazer a diferença e ir para o Rio de Janeiro com a vantagem.