A primeira partida da semifinal entre Atlético PR e Fluminense foi um jogão. O time paranaense saiu na frente, fazendo 2×0. E vai para o Rio de Janeiro com uma vantagem considerável para a partida derradeira. Pode perder até de 1×0, que será habilitado para a final da competição.

Hoje começa o embate entre Santa Fé e Junior Barranquilha, de onde sai o adversário do classificado entre Atlético e Fluminense. As partidas de volta estão marcadas para a última semana de novembro, dias 28 e 29 respectivamente, o que é um bom tempo para os elencos se prepararem. As finais ainda nem tem datas agendadas pela Conmebol.

O Atlético está confiante na possibilidade de disputar a final e até mesmo de levantar o título. A torcida saiu da Arena da Baixada totalmente eufórica com a vitória desta quarta-feira. Agora o Atlético volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro, onde almeja uma posição melhor e quem sabe já garantir a participação na Libertadores da América, independentemente do que fizer na Sul-Americana.

No Brasileirão o Atlético ainda enfrenta o Cruzeiro, na Arena, na próxima rodada e depois faz dois jogos fora, contra Vasco e Vitória, que estão na parte de baixo da tabela de classificação. Em seguida tem mais dois jogos em casa, contra Corinthians e Ceará e na última rodada pela o Flamengo, no Rio de Janeiro.

No returno o Atlético tem a quinta melhor campanha com 22 pontos somados. São 7 vitórias, um empate e 5 derrotas. Na classificação geral é o 9º colocado na competição com 12 vitórias, 13 derrotas e 7 empates. Marcou até agora 44 gols e sofreu 32. Tem um saldo de 12. Se quiser disputar a Libertadores pelos méritos no Campeonato Brasileiro terá que melhorar bastante. No mínimo passar de Cruzeiro, Santos e Atlético Mineiro, que estão acima dele até a sexta colocação na tabela. Não é uma missão fácil, pois além de não perder tem que torcer pelos tropeços do que estão melhores. E a tabela do Atlético nesta reta final não é das mais fáceis.