O candidato do PT para a presidência do Brasil, Fernando Haddad  pediu para a direção do PDT para que o candidato derrotado no primeiro turno, Ciro Gomes, acene ao público e traga o seu apoio a campanha nesta reta final.

Por telefone o presidente do partido, Carlos Lupi, entrou em contato com o candidato, pedindo pela unidade da esquerda, argumentando que neste momento uma manifestação de Ciro fosse fundamental para catapultar a candidatura petista.

Ciro, que viajou a Europa após o primeiro turno, chega ao Brasil amanhã, sexta-feira (26/10) e vai avaliar novo posicionamento.

Na conversa com Lupi, Haddad estava otimista com as últimas pesquisas e reforçou que o aceno de Ciro seria crucial para uma virada. Segundo a colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo, comentando o assunto, hoje pela manhã, na rádio Band News, disse que Ciro pode voltar e já formalizar a vontade de se candidatar a presidente em 2022.